Boteco Digital

Fisl 10 segundo dia

gnu

Seguirei com o meu relato sobre o 10º FISL, se você não viu os relatos do primeiro dia clique aqui.

O segundo dia do evento pra mim foi o mais fraco, pois não tive muitas palestras que eu realmente queria ir, e as que eu queria assistir acabaram ficando lotadas, então aproveitei para conversar com algumas pessoas do movimento software livre.

Bom, no segundo dia do evento me atrasei um pouco e acabei perdendo a primeira palestra das 9:00.

(10:00) How piracy became theatre – Peter Sunde

Foi uma ótima palestra, Peter falou sobre o pirate bay. Porque foi fundada, como são seus métodos de trabalho e como eles trabalham. A palestra não tinha nenhum assunto técnico, na verdade ele comentou muitas histórias sobre o pirate bay, muito engraçadas, diga-se de passagem. Como por exemplo, quando se tentou comprar um país =P.

(11:00) Tecnicas Avançadas de Segurança com IptablesMarcus Augustus Pereira Burghardt

Nesta palestra foram desvendadas as artimanhas do Iptables, permitindo construirmos regras de defesa avançadas e efetivas contra Port Scan, Força Bruta e DoS mais simples. Técnicas de Port Knock para garantir acessos seguros. Regras reflexivas para interagirem com comandos de rede executados pelo Administrador sem a necessidade de modificar a estrutura de regras do Firewall.

(12:00) Como ingressar no mercado usando software livre – Fábio Berbert de Paula

Foi uma palestra de nível iniciante, mas com um bom conteúdo, realmente valeu a pena. Foi abordado o surgimento da comunidade Viva o Linux; uma visão sobre faculdade x mercado de trabalho; como se tornar um profissional melhor preparado; como contribuir com a comunidade e transformar seu nome em marca confiável; a importância do inglês; cases de sucesso e perspectivas de emprego; diploma x certificações.

Pra mim estes são assuntos imprescindíveis na formação de qualquer profissional da área de TI.

(13:00) Lixo eletrônico e recondicionamento de Computadores – Carlson J. Aquistapasse

Confesso que tinha outra expectativa nesta palestra, mas mesmo não sendo o assunto que eu esperava valeu a pena, pois a conscientização ambiental é fundamental, ainda mais em tempos que se fala muito de TI verde. O crescente volume de equipamentos eletroeletrônicos descartados ao fim do seu uso, em especial os equipamentos de informática. O que fazer com os resíduos tóxicos da produção de eletroeletrônicos, especialmente equipamentos de informática, causando danos ao homem e ao meio-ambiente? Carlson tentou responder em sua palestra sobre a experiência da na reconstrução de máquinas de informática para aumentar o seu uso, em especial destinadas para programas de Inclusão Digital. E temas como o tratamento de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos e o desenvolvimento de uma produção preocupada com o equilíbrio ambiental.

(14:00) Hora de almoçar é claro, a comida era 10…

(15:00 ~ 18:00) Muito tumultuo, acabei perdendo muitas palestras

Como eu não tinha palestras de meu agrado para assistir, acabei conversando com o pessoal do Debian, com o pessoal do Tchê Linux, que demosntraram muito interesse em fazer um evento na cidade de Uruguaiana-RS (em andamento), e com muitos usuários de várias distribuições. Assuntos muito interessantes sempre rondavam os estandes dos patrocinadores, cito alguns como o cgi.br e o serpro.

Bom ao final do 2º dia foi o que pude fazer, logo postarei o resumo do 3º dia.

Categorias Linux

Analista de Infraestrutura em Cloud Computing no 1º Centro de Telemática de Área do Exército Brasileiro, Consultor de TI, Administrador de Sistemas e Professor. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Pós-graduado em Gestão da Segurança da Informação.

Outros posts do autor
comments powered by Disqus