Boteco Digital

Instalando G210m no Ubuntu e Debian

Há algum tempo vinha tendo dificuldades em instalar a placa de vídeo do meu notebook no Debian, mas como o utilizava somente para trabalho não necessitava de aceleração de vídeo. Mas com o lançamento do Ubuntu 10.04, resolvi testar no notebook e ai veio o velho problema. O que acontece é que ao compilar o módulo do driver e atualizar o xorg.conf o LCD simplesmente apaga, mas o processamento segue. Vou descrever abaixo os passos que segui para solucionar o problema. Primeiramente acesse o Windows e instale o softMCCS, este programa é o que vai gerar o nosso EDID (Extended display identification data). Depois de instalado, abra o programa, vá em file -> Save EDID as. Salve no pen-drive, o importante é deixar com a extensão .bin (o meu salvei como sony.bin) Agora logue no linux, acesse o terminal e execute os seguintes passos como root: copie seu edid para o diretório /etc/X11

cp caminho_do_arquivo/arquivo.bin /etc/x11/

Iremos baixar a ultima versão do driver da Nvidia, salve na home de seu usuário. Baixe de acordo com a arquitetura do seu sistema. Aqui a versão de 32 bits:

 wget http://us.download.nvidia.com/XFree86/Linux-x86/195.36.24/NVIDIA-Linux-x86-195.36.24-pkg1.run

Antes de executarmos o instalador da Nvidia, devemos baixar o pacote build-essential e o fonte do kernel utilizado, pois o instalador compila o modulo para a nossa versão do kernel. Para isso vamos executar o seguinte comando:

aptitude install build-essential linux-headers-`uname -r`

Agora iremos executar o instalador da NVidia

sh NVIDIA-Linux-x86_64-195.36.24-pkg2.run

Vamos criar um backup do arquivo gerado pelo instalador e depois remover o arquivo

cp xorg.conf xorg.conf.bkp
rm xorg.conf

Iremos criar um arquivo xorg.conf básico, somente com o conteúdo abaixo:

Section "Device"
Identifier   "Device0"
Driver       "nvidia"
VendorName   "NVIDIA Corporation"
Option       "ConnectedMonitor"      "DFP-0"
Option       "CustomEDID"            "DFP-0:/etc/X11/sony.bin"
EndSection

A “jogada” esta nas linhas “Option”, na primeira definimos o monitor a ser utilizado, na segunda informamos o caminho do nosso EDID, lembrando que vai o nome do arquivo que você salvou no passo 1. Depois disso é só salvar e reiniciar o sistema. Espero ter ajudado.

Categorias Dicas Linux

Analista de Infraestrutura em Cloud Computing no 1º Centro de Telemática de Área do Exército Brasileiro, Consultor de TI, Administrador de Sistemas e Professor. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Pós-graduado em Gestão da Segurança da Informação.

Outros posts do autor
comments powered by Disqus